10 setembro, 2008

Ilusão

Estou prestes a dar à luz
A mais uma esperança bastarda...
Gerar um amor que não posso sustentar,
Acolher em meus braços
Um desejo ilegítimo.
E aguardar resignadamente
O nascer da insana criatura...

3 comentários:

Ricardo de Faria disse...

Sombras Dispersas...

Estou eu aqui numa sombra, mas ao mesmo tempo disperso....das minhas vontades, amores, saudades...vivendo numas sombras de caos.
Achei meu pontinho de equilibrio de tudo isso.
Ci...foi muito bom trocar idéias ontem no South...espero acontecer outras vezes....
Pois sabe que lembrei...já fui numa festa fantasia na sua casa...acredita? Risos...
Beijinhos.

Karenine disse...

Olá, Cecília! Adorei o blog! Senti uma sensação gostosa ao ler "seus devaneios". Ri com seu humor, refleti com outros. Parabéns! Agora que já conheço o espaço, visitarei sempre. Um abraço! Que sua semana seja de muita poesia!
Karenine

Jean disse...
Este comentário foi removido pelo autor.