20 abril, 2009

Nado Livre


Neste turbulento mar de emoções,
mergulho.
Na insolência da alma,
os sonhos não se afogam.

2 comentários:

Marcelo disse...

Ciça, cada vez que visito seu blog, fico ainda mais encantado com você. Sua doçura e sua intensidade tocam minh'alma, também insolente e sonhadora. Você é uma mulher incrível, que revela sua grandeza em cada verso! E eu, seu eterno fã.
Beijos saudosos, Marcelo

Movimento Cultural de Penápolis disse...

Oi Cecilia
Algum tempo atras falei com voce sobre Poetas do Interior. Vi seus poemas aqui mo blog e no seu livro são muito legais.
Criei o blog www.movimentoculturalpenapolis.blogspot.com , coloquei um poema seu no iel Poetas do Interior, depois da uma olhada.
Abraços
Reinaldo