13 abril, 2011

Ventos de Março

O amor ainda em brasa,
Esquecido no ensejo da lida,
Traz nuvens pra dentro de casa
E cinzas pra nossa vida.
O vento que atiça a chama,
Ao vê-la apagada, empedernida,
Assovia um canto triste
Em trilhas de despedida.

2 comentários:

Fátima Vaz de Lima disse...

Oi Cecília,
que maneira delicada de versejar uma situação de "desenlaçe"
Adoro vir aqui mas estava com problemas para postar comentários.
Paz e luz na sua vida.
Beijo.

Nicast disse...

Muito lindo!