20 agosto, 2009

“Minha Flor”




Gosto quando assim me chama.
Floresço sem medo
neste árido chão.
Crio raiz, caule e folha
e deito pétalas em sua mão.
Sim, sou sua flor,
e quero que você me (a) colha.

13 comentários:

Ayne Regina Gonçalves Salviano disse...

Trabalhar com a palavra é uma arte.
Você, decididamente, é uma artista!

José Sarubby disse...

Gentil
Cecilia

Eu sou um antigo aluno e cliente do Dr. Moacyr e morei 18 anos fora do Brasil e agora estou de volta e gostaria de encontrá-lo. Eu moro em Fortaleza e no dia 29 deste mês (sábado) estou indo a São Paulo e gostaria de me encontrar com o Dr. Moacyr. Eu procurei na net ver se encontrava alguma coisa sobre a GATO, e encontrei só a tua postagem num blog e cheguei até o teu blog.
Gostaria que vc me ajudasse a encontrá-lo.
Meu nome é Antonio José Sarubby, moro em Fortaleza, meu e-mail: jose.sarubby@yahoo.it
Obrigado pela tua ajuda.
José Sarubby

Márcio Bracioli disse...

Muito interessante Cecília. De fato, você tem um dom incomum de ordenar as palavras, de forma que elas tornem-se belas poesias.

Achei interessantíssimas.... também gosto de escrever, às vezes...

Muito legal. Já me tornei teu fã!

Grande Abraço

Márcio Bracioli disse...

Muito interessante Cecília. De fato, você tem um dom incomum de ordenar as palavras, de forma que elas tornem-se belas poesias.

Achei interessantíssimas.... também gosto de escrever, às vezes...

Muito legal. Já me tornei teu fã!

Grande Abraço

Diuân Feltrin disse...

Palavras sublimes! Você possui o dom sublime de trabalhar com a simplicidade das palavras... Poetas são assim, expressam por meio da escrita o que meras indagações são incapazes de traduzir...

Marcelo disse...

Minha flor! Quanta doçura e quanta sabedoria. Sua poesia é meu alento!
Beijos saudosos, Marcelo

Renato Baptista disse...

Da sensação de um momento nascem versos que perpetuam o sentimento enraizado.
Poema por essência.
Parabéns pelo Blog e pelo trabalho.
Abraços
Renato Baptista

Jackie @belhuda disse...

Que coisa mais meiga!
Bom se sentir assim, ainda mais sendo flor!

Beijinhuzzzzzz

Renato Baptista disse...

Cecília...

Um Feliz Natal e um Super 2010 para você.
Obrigado pela amizade e carinho sempre, porque são esses sentimentos que movem o mundo e fazem as pessoas mais felizes.

Renato Baptista

http://academiadapoesia.blogspot.com
www.casadapoesia.ning.com

Sérgio Ribeiro disse...

Quando as letras se misturam em palavras e as mesmas se tornam belas bailarinas em um palco chamado poesia, a certeza do belo é constante e mais uma vez parabéns pela poesia.

Allan Robert P. J. disse...

Belo poema, mas a flor é uma papoula, não?

Ren(AR)a. disse...

Que leveza boa. de certo a colheita é fato que se desprende no desabrochar e voa! ~~
gostei do blog. admiro os escritos. achei no acaso da imensidão da net. =*

Fernando Martinez disse...

adorei o poema, desprendimento...